ArtSampa | 16 a 20 de março de 2022 ArtSampa | 16 a 20 de março de 2022

Publicação reúne obra de 21 artistas, dentre eles Flávia Junqueira, Antonio Bokel e Jaider Esbell

07/12/2021 - Por ArtRio

No dia 12 de dezembro, será lançada a publicação fine art ‘VAGALUMES 21’, que reúne trabalhos de 21 artistas visuais de diferentes gerações e regiões do país, conectadas à ideia de forças poéticas que resistem à escuridão. Cerca de 80 criações de nomes como Antonio Bokel, Flavia Junqueira, Jaider Esbell, Pedro Varela e Talita Hoffmann integram a publicação em grande formato, com 184 páginas, compondo um recorte da produção artística contemporânea das últimas duas décadas no país.

Mobilizada pela questão “O que seres humanos e vaga-lumes têm em comum?”, que pode ser lida tanto no sentido literal da bioluminescência quanto em seu aspecto metafórico, a publicação fine art bilíngue VAGALUMES 21 reuniu obras de 21 artistas visuais de diferentes gerações e regiões do Brasil, organizadas a partir da diversidade de técnicas e linguagens. O lançamento será dia 12 de dezembro ao ar livre, na praia do Leblon. A iniciativa é de Pedro Seve Borges, com curadoria do editor e artista carioca Sergio Mauricio Manon e curadoria adjunta da antropóloga e pesquisadora Ana Amado.

O projeto editorial resgata a metáfora central do texto clássico do filósofo francês Georges Didi-Huberman, Sobrevivência dos vaga-lumes (Editora UFMG, 2011), que marcou o pensamento crítico no campo das artes, representando uma guinada na história recente da arte contemporânea. Em seu trabalho, o ensaísta francês atravessa vários campos de pensamento em diálogo com a produção de artistas e filósofos como o italiano Giorgio Agamben e o alemão Walter Benjamin. Mas é a partir do ensaio O vazio do poder na Itália, também conhecido como “artigo dos vaga-lumes”, escrito em 1975 por Pier Paolo Pasolini, que Didi-Huberman defende a sobrevivência da experiência e da imagem, em contraponto ao grande cineasta italiano.

A visão apocalíptica de Pasolini de que “não existem mais seres humanos” (em um contexto histórico marcado pelo autoritarismo), e a de Agamben, que afirma que o homem contemporâneo está “desprovido de sua experiência”, constituem um dos eixos da discussão estabelecida por Didi-Huberman. O filósofo francês insiste na reformulação simbólica positiva dos vaga-lumes, fundada na ideia da sobrevivência da imagem como aparição rara e resistente ao domínio da cultura espetacular.

“Na construção do conceito que orienta a VAGALUMES21, levamos em conta algumas dessas reflexões. Entendemos que a metáfora do vaga-lume se atualiza ao representar as forças poéticas que brilham, sobrevivem e, sobretudo, resistem ao obscurantismo dominante nesses dias”, reflete Manon, que assinou o projeto editorial e gráfico da Santa Art Magazine, publicação especializada em artes visuais, criada em 2008 e premiada em 2013 com o Benny Awards de melhor revista de arte do mundo.

De acordo com Sergio, ao longo da pesquisa curatorial, descobertas surpreendentes somaram-se à poética da nova publicação: “Um estudo realizado por três universidades japonesas, em 2009, comprovou o fenômeno da bioluminescência humana. O corpo humano brilha! Nossos corpos podem irradiar luz porque produzem radicais livres que reagem à gordura do organismo e emitem fótons (partículas de luz)”, comenta o artista e curador.

Confira a lista de artistas e obras que integram a VAGALUMES21:

Rodolpho Parigi, São Paulo, Metafísica da pintura
Jaider Esbell, Roraima, A guerra dos Kanaimés
Danielle Carcav, Rio Grande do Norte, Infância
Bruno Vilela, Pernambuco, Paraíso perdido
Gustavo Malheiros, Rio de Janeiro, Pedra e luz
Isabela Stampanoni, Pernambuco, Proteja-me
Pedro Varela, Rio de Janeiro, Queimada
Marcos Prado, Rio de Janeiro, Os carvoeiros
James Kudo, São Paulo, Janelas
Talita Hoffmann, Rio Grande do Sul, Areia movediça
Anderson AC, Bahia, Instantes
Marcos Correa, Rio de Janeiro, Cellophane babies
Talitha Rossi, Rio de Janeiro,  A mãe natureza e a filha da internet
Antonio Bokel, Rio de Janeiro, Nova mitologia
Rogério Reis, Rio de Janeiro, Phebolitos
Ilan Kelson, Rio de Janeiro, Tempus fugit
Walmor Corrêa, Santa Catarina, Diorama pandemia
Manon, Rio de Janeiro, Cubofagia
Alice Lara, Brasília, As ordens no paraíso
Flávia Junqueira, São Paulo, O absurdo e a graça
Ana Maria Dias, São Paulo, Porto Feliz
Pedro Borges, Rio de Janeiro, Luz e sombra

No dia do lançamento, que será realizado na praia do Leblon, às 18h, grande parte dos artistas estará presente para assinar os exemplares.

Lançamento VAGALUMES21
Lançamento: 12 de dezembro de 2021, às 18h
Local: Quiosque La Carioca en la Playa, Posto 11
Endereço: Av. Delfim Moreira, 117 – Leblon – Rio
À venda nas livrarias Argumento e Travessa
Preço: R$ 180


Na imagem do topo: Flavia Junqueira, Parque Lage 1811 #4, 2020



Saiba mais sobre a 1ª edição da ArtSampa – Feira de Arte de São Paulo: artrio.com/artsampa

ArtRio Marketplace


A ArtRio utiliza cookies para personalizar a experiência do visitante em nosso site, analisar dados e ajudar em iniciativas de marketing. Ao clicar em “aceitar”, você está concordando com os nossos termos.