ArtRio | 14 a 18 de setembro de 2022 ArtRio | 14 a 18 de setembro de 2022

MAM Rio lança 3ª edição de seu Programa de Residências

19/04/2022 - Por ArtRio

No próximo dia 2 de maio o MAM Rio abre as inscrições para a terceira edição de seu Programa de Residências, que visa a renovação do pensamento crítico da instituição e oferece bolsas de até R$ 5.000 por residente.  O programa inclui as convocatórias para Germinadora, residência voltada a estudantes das redes pública e privada, de 16 a 18 anos; e Incluir, projeto direcionado exclusivamente a pessoas com deficiência, com interesse em pensar metodologias de inclusão e políticas de acessibilidade para a instituição. Ao longo do ano, outras chamadas serão abertas com oportunidades para professores, artistas, pesquisadores e curadores.

De acordo com a Gerente de Educação e Participação do MAM Rio, Renata Sampaio, os programas Incluir e Germinadora têm sido oportunidades relevantes de aprendizado não só para os selecionados, mas também para as equipes do museu: “É um processo de retroalimentação. O público jovem, tão pouco acessado pelas instituições de arte, aponta para o futuro e nos ensina a ser um espaço mais convidativo para essa faixa etária”, afirma. “Já os residentes da Incluir compartilham suas experiências e colaboram ativamente para a formação de um museu mais acessível”.

Pablo Lafuente, que divide a direção artística do museu com Keyna Eleison, relembra que as edições de 2021 das residências Incluir e Germinadora levaram sete jovens estudantes e dois profissionais com deficiência ao museu, os quais se engajaram durante vários meses em atividades de formação com públicos e com as equipes da instituição: “Processos de educação são fundamentais para o MAM Rio desde sua fundação, materializados no Bloco Escola, a primeira seção da sede permanente no Aterro do Flamengo, em 1958. As residências permitem que o MAM Rio se concentre em formação continuada, ao mesmo tempo que se reposiciona em resposta às experiências, impressões e demandas das pessoas que fazem parte desses processos”, comenta Lafuente.

“É bonito pensar que o MAM Rio, que traz a educação como elemento fundador, permanece como um lugar de formação e aprendizado, interessado em escutar novos agentes, em apoiar e fomentar o pensamento crítico enquanto forma saudável de ação e relação no mundo”, conclui Renata.

Residências MAM Rio 2022

GERMINADORA:

A Residência Germinadora é um laboratório de criação voltado para jovens estudantes. As atividades acontecerão em formato híbrido, sempre acompanhadas por mentores (atividades on-line e presenciais conforme protocolos de segurança vigentes), tendo como eixo as seguintes questões: Como o MAM Rio pode dialogar com os jovens? Como pode se tornar um museu mais inclusivo? Como ter um discurso mais acessível? O que as juventudes esperam/desejam de um museu de arte?

Os laboratórios da residência contarão com processos de formação, imersão, mapeamento, inspiração, levantamento de problemas, idealização de soluções e apresentação pública das propostas desenvolvidas, para um grupo de tutores e demais interessados. Durante todo o programa, os residentes serão acompanhados por uma mentoria que contribuirá com o desenvolvimento integral do projeto.

Anúncio da convocatória:  02/maio
Encerramento das inscrições: 23/maio
Convocatória para entrevistas: 27/maio
Entrevista com Entrevista com as duplas pré-selecionadas: 01 e 02/junho
Divulgação resultado: 03/junho
Início da residência: 18/junho
Conclusão da residência: 09/dezembro
Vagas: 05 duplas (10 participantes selecionados ao total)
Dedicação: cerca de 5h semanais
Duração: seis meses
Funcionamento: Formato híbrido (atividades on-line e presenciais)
Remuneração: R$ 500 (quinhentos reais) mensais por pessoa, perfazendo o total de R$ 3.000 (três mil reais).

Perfil: duplas de estudantes de 16 a 18 anos, com interesse em criar soluções para o MAM Rio, em parceria com as equipes do museu, a partir de reflexões sobre as aproximações entre juventude, arte, cultura e patrimônio. Serão selecionadas quatro duplas de estudantes oriundas da rede pública e uma dupla da rede privada. Todos os participantes devem residir no município do Rio de Janeiro.

Os participantes devem contar com autorização dos responsáveis legais no ato da inscrição.

INCLUIR:

O objetivo da residência é ampliar o acesso ao MAM Rio, a seus conteúdos e linguagens, e criar meios para pensar e produzir processos inclusivos e acessíveis de educação, arte e cultura, no intuito de democratizar e fortalecer o diálogo do museu com os seus públicos e com a cidade.  A Residência Incluir é patrocinada pela Wilson Sons através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Anúncio da convocatória:  02/maio
Encerramento das inscrições: 23/maio
Convocatória para entrevistas: 27/maio
Entrevista com pessoas pré-selecionadas: 30 e 31/maio
Divulgação resultado: 03/junho
Início da primeira residência: 13/junho
Fim da primeira residência: 12/agosto
Início da segunda residência: 1º/agosto
Fim da segunda residência: 30/setembro
Vagas: 02
Dedicação: cerca de 20h semanais
Duração: dois meses, cada residência
Funcionamento: formato híbrido (on-line e presencial)
Remuneração: R$ 2.500 (dois mil e quinhentos reais) mensais, perfazendo o total de R$ 5.000 (cinco mil reais) por residente.

Perfil: pessoa com deficiência física, intelectual, visual, auditiva e/ou pessoa surda, portadora de autismo ou múltipla deficiência que tenha vínculos formais ou informais com o campo da arte, educação, cultura e museus, bem como interesse em pensar metodologias para inclusão e construção de políticas de acessibilidade.

Programa de Residências MAM Rio 2022
Programas Germinar e Incluir
Lançamento: 02 de maio de 2022


Na imagem, registro da residência do encontro da pesquisa em artes. Foto: Fabio Souza

ArtRio Marketplace


A ArtRio utiliza cookies para personalizar a experiência do visitante em nosso site, analisar dados e ajudar em iniciativas de marketing. Ao clicar em “aceitar”, você está concordando com os nossos termos.