ArtRio Online Começa em: d h m s

Galeria Athena anuncia sua primeira exposição online: Gema, de Rodrigo Bivar

04/08/2020 - Por ArtRio

A Galeria Athena inaugura no dia 4 de agosto, a exposição online Gema de Rodrigo Bivar. Essa é a primeira exposição no formato virtual da Galeria, fechada desde março, e contará com 13 trabalhos produzidos neste ano pelo artista brasiliense.

Rodrigo Bivar explora, de modo empírico, a relação entre a cor e o desenho em suas pinturas. Sem pensar em um projeto ou ideia prévia para seus trabalhos, o artista estabelece um jogo combinatório entre aplicação, sobreposição e encobrimento da cor. O interesse pela abstração relacionado às estruturas e às faturas da cor permitem ao artista experimentar a própria pintura. Dessa maneira, segundo Rodrigo sua obra se torna “nenhum assunto específico, mas sim uma porta aberta para todos os assuntos”.

Em texto que acompanha a exposição, a poeta Laura Liuzzi menciona que “por trás de uma aparente simplicidade, as pinturas parecem ter um tempo interno desapressado. Deixam a sensação de que o artista encontra as formas dentro das formas, como se todo gesto fosse a afinação de uma intimidade. Bivar lida com matéria – não numa operação subtrativa como a de um escultor em pedra ou mármore, mas na manipulação livre, moldável e alterável do que é plástico. Se pudéssemos pegar nas mãos as formas que se vêem nas pinturas, elas teriam um toque mole”.

O projeto do viewing room visa conectar os espectadores, independente dos lugares de onde estejam, ao processo criativo do artista. Para além de mostrar suas obras recentes, será possível acessar imagens do ateliê do artista, conhecer seu local de trabalho e adentrar nesse espaço onde a criação de Bivar toma forma.

Sobre o artista

Rodrigo Bivar (Brasília, 1981, vive e trabalha em São Paulo) inicia sua trajetória no começo dos anos 2000 e sua produção pictórica deste momento aproxima-se da figuração, porém com um desejado estranhamento como no ângulo em que as figuras se encontram e na falta de hierarquias entre os elementos. Ao longo de sua carreira, ao distanciar-se da figuração, Bivar reestrutura a pintura por meio da combinação de formas e massas de cor. Com frequência pinta estruturas que orbitam pelo espaço pictórico propondo associações variadas. Como afirmou o curador Tiago Mesquita, em 2019, Bivar “trata o patético descompasso entre o que se espera e o que acontece com humor. A pintura para ele parece acontecer quando as pontas soltas se embaraçam e mostram que a exceção se tornou a regra”.

_____

Gema, de Rodrigo Bivar
4 de agosto a 1 de setembro
Galeria Athena
Online em galeriaathena.com


Conheça mais sobre a produção do artista:

Podemos ajudar?