ArtRio 2021 | 8 a 12 de setembro ArtRio 2021 | 8 a 12 de setembro

Conheça os cursos que começam em outubro no Parque Lage

20/09/2021 - Por ArtRio

Com matrículas ainda abertas para os cursos que se iniciam em outubro, a Escola propõe esse semestre um projeto de exercício de imaginação coletiva com aulas que alternam o presencial e o online. Apesar de pagos, alunos de instituições públicas contam com bolsas de 50%. Consulte aqui a política de bolsas da EAV Parque Lage.

 

Artista mulheres no Brasil – módulo 2, com Fernanda Lopes e Carolina Martinez
26 de outubro a 23 de novembro. Ter, de 19h às 21h. R$ 380

O curso propõe um panorama da história da arte brasileira no século 20, tendo como ponto central a produção de artistas mulheres no Brasil, com o objetivo de debater a inserção e ressonância da atuação feminina nas artes. Cada encontro será dedicado à obra de artistas específicas, de diferentes gerações e poéticas, que servirão de fio condutor para as discussões. Além de apresentar um panorama amplo de suas trajetórias, também serão discutidas questões importantes para o contexto de suas produções e também da arte brasileira naquele momento. Uma bibliografia auxiliar será sugerida para aqueles que desejarem aprofundar os tópicos apresentados, incluindo não só livros e artigos, documentários, entrevistas e páginas na internet.

Aparecer e significar a arte abstrata, com Paulo Couto
05 de outubro a 25 de novembro, Ter e qui, de 19h às 22h. R$ 700 ou 2x de R$ 350

Abstração, abstrato, abstracionismo são termos que designam o intangível, o incompreensível, o indefinido. Na pintura e na escultura, se acumula à essas qualidades o sentido de abstrair enquanto subtrair, retirar, da figura. A arte abstrata surge como desdobramento e/ou ruptura com a arte figurativa. Podemos olhar para as aproximações ou para os distanciamentos entre o figurativismo e o abstracionismo.

Exposições de arte visuais – da ideia à realização, com Julia Baker e Stella Paiva
06 de outubro a 24 de novembro. Quar, de 19h às 21h. R$ 660 ou 2x de R$ 330

O curso aqui proposto é uma junção de dois fazeres essenciais para a realização de uma exposição: a curadoria e a produção. As aulas, dadas em conjunto, irão tratar de todos os passos para a elaboração conceitual e produção de uma exposição: construção de um pensamento curatorial (como propostas são feitas em instituições ou em espaços independentes), pesquisa iconográfica, seleção de obras, contratação de equipe, expografia, como funcionam empréstimos, setores e profissionais envolvidos na criação de uma exposição, museologia e montagem, conteúdo de textos para exposição e catálogos, formatação de projetos para editais, manutenção, circulação e desmontagem. Traremos estudos de caso de exposições a partir de nossas práticas e vivências. O aluno que tiver interesse em desenvolver seu projeto poderá fazê-lo ao longo das aulas. A cada etapa serão propostas atividades com o objetivo de incentivar e impulsionar o desenvolvimento de um projeto completo. A quarta aula será destinada a apresentação das ideias de projetos para as professoras e para a turma. Isso não impede a participação de alunos que não tenham projetos e que tenham interesse somente em aprender os processos.

 Experiências gráficas: narrativas e memórias do cotidiano, com Bia Amaral e Giodana Holanda
07 de outubro a 25 de novembro. Qui, de 14h às 17h. R$ 800 ou 2x de R$ 400

[presencial] O curso pretende explorar narrativas e memórias do cotidiano e criar poéticas através de experimentos gráficos utilizando diversos recursos, tradicionais e digitais. Pretende também estimular a produção de arte através da observação e reflexão sobre o cotidiano.

Fotografia iniciante (turma 2), com Thiago Barros
05 a 28 de outubro. Ter e qui, de 19h às 21h. R$ 450

O curso objetiva o descobrimento do ato fotográfico e seu aprofundamento conceitual como ferramenta artística, explorando as principais técnicas para controle de seus resultados. A partir de encontros com uso de material audiovisual, intercalados com vivências práticas, será estimulada a formação histórica, articulada com conceitos teóricos e práticos na fotografia.


Sobre a EAV Parque Lage

A Escola de Artes Visuais foi criada em 1975, pelo artista Rubens Gerchman, para substituir o Instituto de Belas Artes (IBA). Seu surgimento acontece em plena Guerra Fria na América Latina, durante o período de forte censura e repressão militar no Brasil. A EAV afirma-se historicamente por seu caráter de vanguarda, como marco da não conformidade às fronteiras e categorias, e propõe regularmente perguntas à sociedade por meio da valorização do pensamento artístico.

Alguns exemplos marcantes da história do Parque Lage são a utilização do palacete como sede do governo da cidade de Alecrim em Terra em Transe, dirigido por Glauber Rocha em 1967; e a exposição Como Vai Você, Geração 80?, que reuniu 123 jovens artistas de diferentes tendências numa mostra que celebrava a liberdade e o fim do regime militar. O palacete em estilo eclético também foi palco de “Sonhos de uma noite de verão”, clássico shakespeariano, e serviu como locação para Macunaíma, de Joaquim Pedro de Andrade.

A Escola de Artes Visuais do Parque Lage está voltada prioritariamente para o campo das artes visuais contemporâneas, com ênfase em seus aspectos interdisciplinares e transversais. Abrange também outros campos de expressão artística (música, dança, cinema, teatro), assim como a literária, vistos em suas relações com a visualidade. As atividades da EAV contemplam tanto as práticas artísticas como seus fundamentos conceituais.

A EAV Parque Lage configura-se como centro educacional aberto de formação de artistas e profissionais do campo da arte contemporânea. Como referência nacional, com uma consistente imagem no meio da arte, a EAV busca criar mecanismos internos e linhas de atuação externa que permitam um diálogo produtivo com a cidade e com o circuito de arte nacional e internacional. A instituição integra a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do estado do Rio de Janeiro.

ArtRio Marketplace


A ArtRio utiliza cookies para personalizar a experiência do visitante em nosso site, analisar dados e ajudar em iniciativas de marketing. Ao clicar em “aceitar”, você está concordando com os nossos termos.