Cinemateca MAM Rio apresenta curso e mostra online Panorâmica Rosemberg

11/11/2020 - Por ArtRio

Iniciada nessa segunda-feira (9 de novembro) a Panorâmica Rosemberg segue on-line até o dia 30 com uma programação de 61 filmes, entre curtas e longas, selecionados pelo curador Renato Coelho. Divididos em 22 programas, os filmes já estão disponíveis e podem ser acessados no site especial panoramicarosemberg.art.brA mostra – que se dedica a um dos artistas mais importantes e radicais da geração de cineastas que debutaram no final da década de 1960, Luiz Rosemberg Filho (1943-2019) – também prevê uma seleção de mesas redondas e eventos.

Como parte da Mostra a Cinemateca oferece o Curso Panorâmica Rosemberg de dois encontros, on-line e gratuito, e com o curador do evento sobre a principais características e trajetória do realizador. Para participar do  é necessário fazer inscrição AQUI | Dias 12 e 13 de novembro, das 15h às 17h30, no Zoom.

Além do curso, ainda estão previstas 3 mesas redondas, todas virtuais, nos próximos dias 17, 19 e 24: Dia 17, às 19h | Mesa-redonda – A Mulher no Cinema de Luiz Rosemberg, Com Ana Abbott, Mara Aché e Joana Collier, com mediação de Renata Saraceni e transmissão via Youtube e Facebook | Dia 19, às 19h | Mesa-redonda – Conexão São Paulo. Com Cristina Amaral, Priscyla Bettim, Joel Yamaji, Tiago B. Mendonça, Caio Lazaneu, com mediação do curador da mostra, Renato Coelho, e transmissão via Youtube e Facebook | Dia 24, às 19h | Mesa redonda – Bobo da Corte. Com Alexandre Dacosta, João Lanari Bo, Lupércio Bogéa, Márcia Pitanga, Maurício, Eduardo Mariz e  Renaud Leenhardt, com mediação de Julhia Quadros e transmissão via Youtube e Facebook.

E no dia 28 de novembro, perto do encerramento da mostra, Hernani Heffner conversará com Sindoval Aguiar. Roteirista, assistente de direção e ator, Sindoval foi o principal interlocutor de Luiz Rosemberg Filho para assuntos de política. A transmissão será via Youtube do Museu.


Curso Panorâmica Rosemberg:
12 e 13 , de 15h às 17h30 (plataforma Zoom)
Ministrado por Renato Coelho.
Inscrições AQUI

Encontro 1
O início nos anos 60; os primeiros longas-metragens de Rosemberg, entre o discurso cinemanovista e a estética de invenção; a passagem para o vídeo e as primeiras experiências nesse formato.

Encontro 2
Os curtas e médias-metragens ensaísticos a partir dos anos 2000; a estética da colagem e o trabalho com reapropriação de arquivo; o retorno ao longa-metragem com obras como “Dois casamentos” e “Bobo da corte”.


Na imagem: Analu Prestes faz a protagonista de “A$suntina das Amerikas” (1975), de Luiz Rosemberg Filho. Foto Acervo Cinemateca do MAM

x Posso ajudar?