ArtRio 2021 | 8 a 12 de setembro ArtRio 2021 | 8 a 12 de setembro

ArtRio 2021 | Conheça a programação do MIRA

07/09/2021 - Por ArtRio

Programação MIRA | ArtRio 2021

Curadoria Victor Gorgulho

Quarta-feira – 08/09

Davi Pontes & Wallace Ferreira
Delirar o racial, 2021, 32’08”

Bárbara Wagner & Benjamin de Burca
Swinguerra, 2019, 22’50”

Quinta-feira – 09/09

Mi Mawai
Música é arma de luta, 2021, 25’37”

Regina de Paula
Teko Haw Brasil (Aldeia Maracanã), 2019, 10’41”

Luciana Magno
Transamazônica (Altamira), 2014, 1’11”
O silêncio ancorava as asas: ser pedra depende de prática (Pedra Furada), 2015, 10’56”
Densidade Aparente (Pedra do Sal), 2014, 2′
Belterra (Floresta Nacional do Tapajós), 2014, 2’44”

Xadalu
Antes que se apague / Territórios flutuantes, 2021, 07’23’’

Sexta-feira – 10/09

Felipe Barsuglia
Deus sabe, 2015, 04’28”

Manauara Clandestina
Corredor, 2020, 3’46’’

Building, 2020, 5’37

Refresco
Ciclo II, 2021, 13′

Anarca Filmes
Usina-desejo contra a indústria do medo, 2021, 35’

Sábado – 11/09

Lenora de Barros
No país da língua grande, dai carne a quem quer carne, 2006, 38”

Lenora de Barros e Gabriela Bernd
Sonoplastia, 2011, 02’39”

Raquel Versieux
Rua do Verde, 2015, 6’39”

Paul Setúbal
Conto da Roça, 2020, 6’

Frederico Filippi
Fantasma, 2015, 10’43”

Gabriela Mureb, Luisa Lemgruber e Sanannda Acácia
MUTA, 2020, 07’43’’

Lucila Meirelles
Lucila Filme Policial, 1977, 11’17’’

Domingo – 12/09

Emilia Estrada
Tierra, 2020, 56’57’’


MIRA 2021
Curadoria Victor Gorgulho

A quinta edição do MIRA, programa de vídeo-arte da ArtRio, reforça sua missão dos últimos anos: exibir, durante o período de realização da feira, trabalhos audiovisuais de jovens e consagrados artistas de diferentes gerações.

Se entre as as décadas de 1960 e 1980, os novos suportes de gravação em vídeo operaram uma verdadeira revolução no campo da arte, hoje a produção de imagens se dá em um mundo saturado por elas, rodeado por estímulos de toda sorte disparados por telas de tamanhos e resoluções cada vez mais verginosos.

Atrelada às nossas vidas cotidianas, no entanto, a produção de imagens instaura-se hoje em um campo mais horizontal e democrático, permitindo, no campo da arte, a emêrgencia de narrativas e sujeitos antes condicionados à meios de produção pouco acessíveis e custosos.

A seleção de vídeos e filmes do MIRA 2021 busca dar conta de produções de ontem e de hoje, instaurando territórios híbridos: entre o cinema e as artes visuais, entre a narrativa e o filme-performance. Em um mundo povoado por imagens, são obras que investigam as infindas possibilidades do audiovisual como meio. Como radares atentos, perscrutam os sinais difusos do presente para instaurar outras possibilidades de futuro – e inaugurar novos amanhãs.


Na imagem: Still de Swinguerra, de Bárbara Wagner & Benjamin de Burca. Cortesia dos artistas.

ArtRio Marketplace


A ArtRio utiliza cookies para personalizar a experiência do visitante em nosso site, analisar dados e ajudar em iniciativas de marketing. Ao clicar em “aceitar”, você está concordando com os nossos termos.