ArtRio | 13 a 17 de setembro de 2023 ArtRio | 13 a 17 de setembro de 2023

Verve | Homey, individual de Ana Beatriz Almeida

31/03/2022 - Por ArtRio

A artista Ana Beatriz Almeida inaugura, no próximo sábado, 2 de abril 4, a exposição individual ‘Homey’, encerrando o projeto Gunga, que concretizou um total de 10 anos de ritos de morte em homenagem aqueles que morreram na travessia atlântica do tráfico negreiro. Homey, em Ewe, significa lar – na trajetória da artista, este momento é dedicado à sua relação com a ancestralidade, a cultura vodoun e seu encontro com os Almeida do Benin, que a reconheceram como integrante e a iniciaram em seu núcleo familiar.

A partir da trajetória de sua família beninense (descendente de Zoki Azata, ou Joaquim de Almeida, que no século 19 foi raptado pela escravidão aos 8 anos e, ao conquistar a liberdade, retornou a sua terra natal), a artista traça uma narrativa poética entre retornos – tanto entre vida e morte, quanto entre uma família e outra. A exposição é dividida em três setores: a partir de uma introdução que conta com videoarte da griot Cici de Oxalá, as demais partes relacionam-se com os três princípios fundamentais da cultura Ewe: o mistério – Àkaso Orun (o portal entre o mercado e o lar), a vida – Egbe Orun – e a ancestralidade – Danhomey (lar da Dan), com obras apresentadas ao público nas linguagens de vídeo, escultura, videoinstalação e fotografia – a direção fotográfica do trabalho é de Shai Andrade.

Homey, individual de Ana Beatriz Almeida
2 de abril a 7 de maio de 2022
Verve Galeria
Avenida São Luis, 192 – Sobreloja 06 – República, São Paulo
Abertura: 02 de Abril de 2022 [Sábado], das 11:00 às 17:00
Terça a sexta-feira, das 11:00 às 18:00h / Sábado, das 11:00 às 17:00h

Galeria relacionada

Artistas relacionados

A ArtRio utiliza cookies para personalizar a experiência do visitante em nosso site, analisar dados e ajudar em iniciativas de marketing. Ao clicar em “aceitar”, você está concordando com os nossos termos.