Sobre a obra

Sem Título


Ficha técnica

página de livro raspada [scraped book page]


Sobre o artista

Nino Cais

Marcos Eduardo de Cais (São Paulo, SP, 1969).

Artista plástico. Conclui bacharelado e licenciatura em artes plásticas pela Faculdade Santa Marcelina em 2001, realizando no mesmo ano e local sua primeira mostra individual, A Trama Rarefeita, em que apresenta objetos realizados no final da década de 1990, formados pelo emaranhado de nós feitos com tecido. Esse material destaca-se em grande parte de sua produção, aparecendo em situações fotografadas pelo artista, vídeos e colagens, e também na forma de estampas ou padrões decorativos que compõem o universo de assemblages, objetos e desenhos.

Em 2005, participa do Programa de Exposições do Centro Cultural São Paulo (CCPC). Nessa época, objetos de uso cotidiano integram séries de trabalhos em vídeo e fotografia e são relacionados ao corpo do próprio artista, que começa a comparecer nas obras. Instalações com os mesmos objetos ? cadeiras, copos, taças, utensílios de cozinha, tecidos, vasos de plantas ? são realizadas com mais intensidade ao longo dos anos 2000 em mostras individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Em 2007, recebe prêmios do Salão de Arte de Ribeirão Preto (Sarp) e da Fundação Iberê Camargo. A fotografia, a colagem e o desenho, com imagens em que se somam corpos humanos e objetos, protagonizam os trabalhos realizados a partir de 2010, quando sua obra é reunida no livro Nino Cais: Poemas e Canções, que também traz textos sobre sua produção. Em 2012, participa da 30º Bienal Internacional de São Paulo.

Fontes:

Foto: http://1.bp.blogspot.com/-_yhEfMWgDMc/UUFNq05gptI/AAAAAAAAAFc/SgbZUyrnGL4/s1600/Retrato_Nino_Cais_Credito_Priscila_Roque_baixa_3.jpg

Texto: NINO Cais. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: . Acesso em: 09 de Out. 2017. Verbete da Enciclopédia. ISBN: 978-85-7979-060-7

 

 
 


CASA TRIÂNGULO

São Paulo / SP

A Casa Triângulo, fundada em 1988, por Ricardo Trevisan, se destaca como uma das mais importantes galerias de arte contemporâneas do Brasil. O programa da galeria é reconhecido por revelar e consolidar a carreira de vários artistas e por constantemente apoiá-los em apresentar exposições de escala institucional, reafirmando a galeria como um local livre e experimental, conquistando uma posição crescentemente notória na cena artística internacional. Em março de 2016, a Casa Triângulo inaugurou uma nova sede nos Jardins, em São Paulo. O novo edifício da galeria, projetado pelo Metro Arquitetos Associados, tem presença urbana. Uma enorme caixa branca com painéis translúcidos e opacos, totaliza aproximadamente 500m2. O salão principal, se estende para o exterior da galeria em direção à calçada, criando uma praça junto ao ambiente externo, permitindo o uso dos agradáveis espaços ao ar-livre para exposições ou eventos. A arquitetura tem traços retos, como uma grande caixa suspensa, de planos translúcidos embaixo e opacos em cima, dando a impressão de flutuar. O desenho e os materiais contemporâneos estão alinhados à personalidade da galeria, numa sintonia perfeita entre estrutura e conteúdo, arquitetura e arte.


Outras obras do artista