Sobre a obra

O vazio está cheio de mim

O trabalho é uma tentativa de capturar a frustração. Os objetos de bronze foram
produzidos durante uma situação de extremo estresse. Percebendo que seus punhos estavam
cerrados, o artista preencheu sua mão direita com massa de modelar e desferiu um soco
sobre outro pedaço de massa. A frustração esvaiu e o resultado foi o molde em bronze do
vazio da mão e da impressão do golpe.
Caixa 17 x 17 x 7 cm. Bronze 8x5,5x1,5 cm/ 10x3x2,5 cm


Ficha técnica

Bronze, caixa em Imbuia e veludo
edição de 5
2017


Sobre o artista

Paul Setúbal

Paul Setúbal, 1987. Aparecida de Goiânia, GO. Vive e trabalha em São Paulo. SP. Doutor em Arte e Cultura Visual pela Universidade Federal de Goiás. Sua pesquisa se desenvolve em diversos meios como escultura, instalação, desenho, pintura, vídeo, fotografia e performance, abordando as problemáticas e simbologias do corpo na sociedade contemporânea, seu uso, controle, relações de violência, resistência, abuso e poder. O corpo é uma dimensão constantemente explorada em sua produção, um importante suporte material, social e geográfico de discussões que permeiam situações de conflito, seja como modo de vivenciar e testar seus limites físicos, ou como uma forma de traduzir relações de poder.


C.GALERIA

Rio de Janeiro / RJ

A C. galeria é uma galeria de arte contemporânea que, através de novas ideias e novos formatos, quer contribuir para uma nova forma de fazer e pensar arte e para um novo colecionismo. Dirigida por Camila Tomé, a C. galeria surgiu em 2016 em Ipanema, no Rio de Janeiro. Em 2018 transfere-se para uma casa no Jardim Botânico onde desde então apresenta um programa que pretende desenvolver nacionalmente e internacionalmente a carreira de seus artistas representados. Através de seus artistas, convidados e curadores a C. propõe projetos plurais em torno da arte contemporânea e abre espaço para discussões sobre ativismo, vida e arte. A C. galeria representa os artistas Bruno Weilemann, Diego de Santos, Eloá Carvalho, Marcos Duarte, Maria Fernanda Lucena, Paul Setúbal, Piti Tomé, Rafael Bqueer, Ruan D`Ornellas e Vítor Mizael.


Outras obras do artista