Sobre a obra

Sem titulo

gravura


Ficha técnica

José Pedro Croft
Sem Título
1999
Gravura em metal
40 x 60 cm cada
Edição 15


Sobre o artista

José Pedro Croft

José Pedro Croft (Porto, 1957) vive e trabalha em Lisboa. Estudou pintura na ESBAL (Escola Superior de Belas Artes de Lisboa) e escultura com João Cutileiro. A sua obra transita sem hierarquias entre escultura, desenho e gravura. Realizou diversas exposições individuais e coletivas, desde 1980. Está representado nas seguintes coleções: Centro de Artes Visuales Fundación Helga de Alvear (Espanha), Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian (Portugal), Fundação EDP (Portugal), Fundação Luso-Americana (Portugal), Fundação de Serralves (Portugal), Secretaria de Estado da Cultura (Portugal), Fundació La Caixa (Espanha), Caixa Geral de Depósitos (Portugal), Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (Espanha), Museu Berardo (Portugal), Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (Brasil), Pinacoteca do Estado de São Paulo (Brasil), Caja Madrid (Espanha), Banco de Espanha (Espanha), Banco Central Europeu, Sammlung Albertina (Áustria), Centre Georges Pompidou (França). No Brasil realizou ainda individuais no MAM – RJ (2006), Pinacoteca SP (2009), Paço Imperial RJ (2015), Capela do Morumbi, SP (2015). Jose Pedro Croft representou ao Portugal na Bienal de Veneza 2017, com curadoria de João Pinharanda.


MUL.TI.PLO ESPAÇO ARTE

Rio de Janeiro / RJ

A Mul.ti.plo Espaço Arte é mais que uma galeria onde as obras ficam expostas para a apreciação do público; pretende-se um ambiente de encontro com a arte contemporânea. Aqui, artistas consagrados e novos talentos oferecem o melhor de sua produção em múltiplos e obras em papel, objetos e pinturas, além de projetos especiais. A ideia é que o espaço crie as condições para que os olhares do público encontrem formas singulares de se relacionar com a arte. Além de comercializar obras selecionadas a partir de critérios estéticos de extraordinária densidade artística, a Mul.ti.plo ainda realiza permanente trabalho de pesquisa no sentido de identificar e divulgar novos trabalhos. Por seu engajamento na circulação da arte e pela recusa em tomá-la como produto, a galeria vem se consolidando como um espaço que investe no lançamento de edições exclusivas, um lugar que cultiva preciosidades. Renovar a reflexão e a fruição estética, atrair não especialistas, despertar novos colecionadores, enriquecer coleções já estruturadas: com os múltiplos e as obras em outros formatos de grandes artistas brasileiros e estrangeiros, a Mul.ti.plo espera tão somente desafiar o olhar do público e promover encontros em torno da arte contemporânea.


Outras obras do artista