Sobre a obra

a woman’s diary XVIII


Ficha técnica

Gretta Sarfaty
a woman’s diary XVIII 1976 / 2009
ink jet print on archival paper
Edição: 1/5 + 2 PA + PI
33 x 48 cm


Sobre o artista

Gretta Sarfaty

Gretta Alegre Sarfaty também conhecida como Gretta Grzywacz e Greta Sarfaty Marchant, é uma pintora, desenhista, gravadora, fotógrafa e artista multimídia brasileira que ganhou reconhecimento internacional no final dos anos 1970, a partir de seus trabalhos artísticos relacionados à Body art e ao Feminismo. Muda-se com a família para São Paulo em 1954 e naturaliza-se brasileira no mesmo ano. Em 1970, participa do Grupo de Vanguarda, no Rio de Janeiro, com Cildo Meireles, Artur Barrio e Rubens Gerchman, entre outros. Nos anos 70, Gretta cursa a escola PanAmericana de Arte em São Paulo. Em 1972 é aluna de Ivald Granato e Walter Lewy. Em 1973, inicia-se em gravura em metal sob orientação de Mário Gruber (1934) e edita suas próprias gravuras. Cursa a escola de Arte Documenta, em 1973. Nesse período, participa de exposições envolvendo vídeo e performance em diversos países, como Itália, França, Bélgica e Alemanha. Em 1984 a artista muda-se para Nova York. Gretta teve seus trabalhos exibidos em instituições como o Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo(MAC/USP), Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP), Museu de Arte de São Paulo (MASP) Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), Pinacoteca do Estado de São Paulo, Instituto Moreira Salles (SP/RJ), Museu de Arte da Pampulha (MAP), Musée d'Art Moderne de la Ville de Paris, Palazzo dei Diamanti de Ferrara, Fundação Calouste Gulbenkian, Musée cantonal des beaux-arts de Lausanne, Centre Georges Pompidou, Le Bal Musée d’Art Paris, Museum of Modern Art of New York (MoMa), The Art Institute of Chicago, University of California San Diego (UCSD), New York University (NYU), entre outros. Entre as principais exposições individuais estão: Reconciliação - Galeria Pilar (São Paulo, SP, 2018); Familia Memorabilis, Wedding Pictures and Sartorial Giveaway of a Lifetime! (Pinturas, fotografias, vídeo e instalação) - Kings Cross (Londres, Inglaterra, 2013); Through a Glass Darkly (fotografias, performance), Filme de Gordon Beswick. - Sartorial Contemporary Art, Londres, Inglaterra, 2010); Gretta's Permutations - instalação e vídeo- (Londres, Inglaterra, 2009) A mostra apresenta "Gretta's Progress" de Gordon Beswick, um documentário sobre a vida de Gretta Sarfaty desde os anos 80s; Gretta's Progress (fotografias e performance. Catálogo) - Leeds College of Art & Design, Leeds, Inglaterra, 2008) ;X-RAY - Perseverance (Londres, Inglaterra, 2006); Life Works - 473 Broadway Gallery (Nova York, EUA, 2003); Myth of Womanhood & Youth versus Gravity - Sartorial Contemporary Art, (Londres, Inglaterra, 2002); Reflections of a Woman - Wolseley Fine Arts (Londres, Inglaterra, 1997); Body Works – Foster Goldstrom Gallery (Nova York, EUA, 1993), Jansen-Perez Gallery (Los Angeles, EUA, 1993),(Texas, EUA, 1993); Europa, França e Bahia – Museu da Imagem e do Som e Paço das Artes (São Paulo, SP, 1988); Auto-Retrato do Brasil (livro) – Museu de Arte de São Paulo (São Paulo, SP, 1983); Auto-Retrato do Brasil – Museu Nacional de Belas Artes (Rio de Janeiro, RJ, 1983); Evocative Recollections (performance com catálogo), Centre Georges Pompidou, Paris, França, 1979). Entre as exposições coletivas mais recentes estão: MAM 70: MAM e MAC - exposição comemorativa de 70 anos do Museu em parceria com o MAC/USP (São Paulo, SP, 2018); Plexus International Metr’Art – Museum MACRO Asilo (Roma, Itália, 2018); Apropriações, Variações E Neopalimpsestos – Fundação Vera Chaves Barcellos (Viamão, RS, 2018); Reenactment: Videoarte a Palazzo dei Diamanti, - Palazzo dei Diamanti (Ferrara, Itália, 2015); Fotolivros Latin-americanos, Instituto Moreira Sales - curadoria de Horacio Fernández (São Paulo, SP, 2013), (Rio de Janeiro, RJ, 2013); Ainda: Livro como Performance - curadoria de Amir Brito Cadôr - Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte, MG, 2013); Fronteiras Incertas: Arte e Fotografia no Acervo do MAC USP – Museu de Arte Contemporânea MAC USP (São Paulo, SP, 2013); Libriste. Dalla collezione di libri d'artista di Marco Caminati; Gretta & Becheroni: modificazione e appropriamento di un’identita’ autonoma - Istituzione Biblioteca Classense (Ravena, Itália, 2012); A New History of the Latin-American Photobook, Fóto/Gráfica Gretta Auto-Photos – Le Bal (Paris, França, 2012); Arte Como Registro, Registro Como Arte (performance e filme) – Pinacoteca do Estado de São Paulo (São Paulo, SP, 2011); Performative, Jake and Dinos Chapman, Nicola Ruben Montini e Marchant - Sartorial Contemporary Art (Londres, Inglaterra, 2011); Bad Girls: Good girls go to heaven, bad girls go everywhere - com Marina Abramovi?, Annette Messager, Orlan e Gina Pane. (Itália, 2010).


CENTRAL GALERIA

São Paulo / SP

A Central Galeria promove exposições e fomenta o debate em torno da arte contemporânea. Em 2018 muda-se para o prédio histórico do IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil) projetado pelo renomado arquiteto Rino Levi, localizado no centro da cidade. Essa mudança reformula o espaço e o programa da galeria para estabelecer um diálogo maior com a cidade e o público, expandindo assim, a difusão da produção artística atual e potencializando as trocas e parcerias. O novo programa e dinâmica do espaço salientam o hibridismo e multiplicidade da arte contemporânea, acreditando que o conteúdo e as interlocuções propostas no âmbito da galeria podem transformar e conectar ideias e pessoas.


Outras obras do artista