Sobre a obra

Análise 1, 2019


Ficha técnica

acrílica sobre tela


Sobre o artista

Nitcho

Osek, 2017 Técnica mista sobre tela políptico 15 X 51 cm (5 peças de 15 x 10cm) Análise 1, 2019 Acrílica sobre tela 130 x 90 cm Análise 2, 2019 Acrílica sobre tela 90 x 60 cm Recorte 3, 2019 Acrílica sobre tela 16 x 24 cm, 10 x 10 cm e 10 x 15 cm (tríptico) Recorte 4, 2019 Acrílica sobre tela 23 x 14 cm e 16 x 10 cm (díptico) Recorte 5, 2019 Acrílica sobre tela 24 x 18 cm Recorte 6, 2019 Acrílica sobre tela 28 x 16 cm, 10 x 15 cm, e 10 x 10 cm (tríptico) Retorno, 2019 Técnica mista 100 x 100 cm Will be back after storm, 2017 Técnica mista 60 x 40 cm cada - díptico Valsa sem nome, 2017 Técnica mista 60 x 90 cm Big Boy, 2017 Técnica mista 130 x 90 cm Barsaat, 2017 Técnica mista 100 x 130 cm Desencontro, 2017 Técnica mista 60 x 40 cm Hwe Hwe, 2017 Técnica mista 60 x 90 cm NITCHO Vive e trabalha no Rio de Janeiro É formado em design pela PUC-Rio (2006) e também pelo Programa de Arte Contemporânea da Escola de Artes Visuais – EAV (2015). Nessa escola estudou com Luiz Ernesto, Anna Bella Geiger, Milton Machado, Franz Manata, Fernando Cocchiarale, entre outros. Em seu trabalho de pintura, investiga a paisagem urbana com base nas heterotopias, do não-lugar e das inter-ações culturais entre espaço, tempo e indivíduo. Dentre as mostras de que participou estão: “Invenção da paisagem” (2017), "Coletiva em Ipanema” (2016/2017), ambas com curadoria de Martha Pagy; Projeto Rio Esporte Arte, com um mural de 360m², no Centro do Rio com o tema basquete paralímpico (2016); Copa Graffiti 2 (2014), sendo o vencedor do prêmio de murais promovido pelo Metrô Rio; "Coletiva atemporal” (2012), curadoria de Antonio Bokel, Espaço Atemporal; “Fe + 2e” (2008), individual com curadoria de Rafael Doria, Centro Cultural Carioca; “Arte da periferia”, curadoria de Gringo Cardia (2007), Centro Cultural dos Correios, todas no Rio de Janeiro. Participou da ArtRio - Feira Internacional de Arte do Rio de Janeiro 2017, no estande da Martha Pagy Escritório de Arte. 2017 - Coletiva em Ipanema - Martha Pagy Escritório de Arte - ArtRio - Feira Internacional de Arte do Rio de Janeiro 2017, no estande da Martha Pagy Escritório de Arte. - Exposição Invenção da paisagem – Martha Pagy Escritório de Arte 2016 - Pintou o mural de 360m² com o tema: basquete paralímpico para o Projeto Rio Esporte Arte. 2014 - Vencedor do prêmio de murais “Copa Graffiti 2” promovido pelo Metrô Rio. - “Grafite em Movimento” - Festival de Inverno SESC Petrópolis 2012 - “Coletiva Atemporal” curadoria Antonio Bokel – Espaço Atemporal – 2012 2010 - “Coletiva #4” curadoria Bruno Big – Homegrown 2008 - Exposição individual: “Fe + 2e” – Centro Cultural Carioca 2008 2007 - “IntervENÇões” curador Rafael Doria – Centro Cultural Carioca - 2007, - “Arte da Periferia” curador Gringo Cardia - Centro Cultural dos Correios - “Multigrab” - Galpão das Artes Urbanas Hélio G. Pelegrino.


MARTHA PAGY ESCRITÓRIO DE ARTE

Rio de Janeiro / RJ

Martha Pagy Escritório de Arte representa e agencia artistas contemporâneos de gerações e linguagens diversas, acompanhando o desenvolvimento de suas carreiras e estimulando a troca de ideias, práticas e saberes. Inaugurado em 2013, o escritório realiza exposições e promove encontros com artistas e curadores para grupos selecionados, criando um cenário propício à fruição e à reflexão sobre a arte; e incentivando o colecionismo. As visitas são por agendamento. Há mais de 20 anos Martha Pagy se dedica à promoção da arte, no campo institucional e privado. Foi uma das responsáveis pela formulação do perfil de atuação do Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro, na função de diretora de programação e patrimônio, de sua inauguração, em 1989, até 2003. Desde então, vem atuando nas áreas de agenciamento e representação de artistas, curadoria e produção de exposições, consultoria e orientação para a formação de coleções. De 2007 a 2012 dirigiu a galeria Largo das Artes, no centro histórico do Rio, onde realizou exposições de arte contemporânea com nomes do Brasil e do exterior, e promoveu o lançamento de jovens talentos na cena artística brasileira. Fotos: Luciano Bogado


Outras obras do artista