Sobre a obra

Na praça da bandeira


Ficha técnica

Dimensões: 120 x 60 cm
Técnica: Computação gráfica, impressão digital em papel fotográfico 1/5 + 2 PA
Ano: 2011


Sobre o artista

Bruno Borne

[1979, Porto Alegre/RS] É mestre em Poéticas Visuais (UFRGS/2013), graduado em Artes Visuais e Arquitetura e Urbanismo. Vive e desenvolve seu trabalho artístico em Porto Alegre com ênfase ao uso de projeções de animações digitais. Em sua produção procura discutir questões relativas ao espaço e à virtualidade utilizando a computação gráfica para propor a criação de ambientes virtuais através da articulação entre arquitetura, registro fotográfico e as especificidades do local. Prêmios: 2016. X Prêmio Açorianos de Artes Plásticas, categoria Destaque em Mídias Tecnológicas, Porto Alegre/RS. 2015. 43º Salão de Arte Contemporânea de Santo André – Prêmio aquisição, Santo André/SP; IX Prêmio Açorianos de Artes Plásticas, categoria Destaque em Mídias Tecnológicas, Porto Alegre/RS. 2014. 65º Salão Paranaense – Prêmio aquisição, Paraná; VIII Prêmio Açorianos de Artes Plásticas, categoria Destaque em Mídias Tecnológicas, Porto Alegre/RS. 2013. 2ª Prêmio IEAVI – Incentivo à produção de Artes Visuais. IEAVI – Instituto Estadual de Artes Visuais do RS, Porto Alegre/RS. 2011. VI Prêmio Açorianos de Artes Plásticas, categoria Melhor Exposição Coletiva (Cartão de Visita), Porto Alegre/RS. 2010. V Prêmio Açorianos de Artes Plásticas, categoria Destaque em Mídias Tecnológicas; Porto Alegre/RS. Principais exposições: 2018. Processos Abertos – Galeria de Arte Mamute, Porto Alegre/RS. 2017. Do abismo e outras distâncias – Galeria de Arte Mamute, Porto Alegre/RS. 2016. Sem Título [Untitled] . Intervenção em pintura acrílica sobre parede e espelho convexo, Projeto Artenomuro – Cais Mauá, Porto Alegre/RS. 2015 Exposição A E O (individual), Galeria de Arte Mamute, Porto Alegre/RS; 2014. A Galeria dos Caminhos que se Bifurcam (individual). MACRS – Museu de Arte Contemporânea do RS. Porto Alegre/RS. 2013. Espaços Especulares (individual). Atelier Subterrânea, Porto Alegre/RS; Relógio Especular (individual). Galeria Maurício Rosenblatt, CCMQ, Porto Alegre/RS. 2010. Seção Invertida (individual). Galeria Lunara, Usina do Gasômetro, Porto Alegre/RS. 2015. Interdito. Galeria de Arte Mamute, Porto Alegre/RS e Museu Universitário de Arte MUna – UFU, Uberlândia/MG. 2014. De Longe e de Perto. Galeria Mamute, Porto Alegre/RS; Cor Luz e Movimento – Projeto Arte e Indústria. Prêmio Marcantônio Vilaça CNI Sesi Senai – Edição Especial. Centro Cultural Minas Tênis Clube, Belo Horizonte e Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro/RJ; Semana de la Cultura de Rio Grande do Sul em Uruguay. EAC – Espacio de Arte Contemporâneo, Montevidéu/Uruguai. 2013. Mirante. MUV Gallery, Rio de Janeiro/RJ. 2012. Espelho Refletido. Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, Rio de Janeiro/RJ.


MAMUTE GALERIA DE ARTE

Porto Alegre / RS

A Galeria de Arte Mamute foi criada em 2012 com o objetivo de destacar a pesquisa poética em arte contemporânea e lançar jovens artistas em formação de carreira. Priorizando representar artistas gaúchos emergentes, a Mamute configura-se como uma plataforma de visibilidade para seus representados, auxiliando na circulação de suas produções, bem como na projeção de suas carreiras em âmbito nacional e internacional. Representa os artistas Antônio Augusto Bueno, Bruno Borne, Claudia Hamerski, Clóvis Martins Costa, David Magila, Dione Veiga Vieira, Emanuel Monteiro, Fernanda Gassen, Frantz, Goia Mujalli, Hélio Fervenza, Hugo Fortes, Ío, Letícia Lampert, Marília Bianchini, Mariza Carpes, Pablo Ferretti, Patrícia Francisco, Sandra Rey e Sandro Ka. Compromissada com a produção e disseminação do conhecimento nas artes visuais, a galeria promove em seu espaço, além das exposições individuais e coletivas, inúmeras propostas teórico-prático-reflexivas, como debates com artistas, pesquisadores, curadores, colecionadores, e atividades como palestras, cursos, residências artísticas, lançamento de publicações, e defesas de mestrado e doutorado nas Artes Visuais. Tem no seu currículo importantes prêmios pela atuação como Galeria de Arte e como promotora de pesquisa em Artes Visuais, sendo indicada em 2016 em cinco categorias no Açorianos de Artes Plásticas do Rio Grande do Sul; em 2015 em Mídias Tecnológicas; em 2014, como Espaço Institucional e melhor Exposição Individual; em 2013 premiada como Destaque em Espaço Institucional no Açorianos de Artes Plásticas do Rio Grande do Sul. A Mamute é membro da ABACT - Associação Brasileira de Arte Contemporânea, e do LATITUDE - Platform for Brasilian Art Galleries Abroad. E vem participando das principais feiras de arte do Brasil e exterior. Está localizada em Porto Alegre, em um charmoso prédio em estilo neoclássico, tombado pelo patrimônio histórico, e dispõe em seu espaço de duas galerias para exposição.


Outras obras do artista