Sobre a obra

Totem Nº 2


Ficha técnica

Assemblage de lápis esculpidos; 2014; Edição única.


Sobre o artista

Lin Lima

Nasceu em Cambuci, RJ, Brasil, em 1976.

Vive e trabalha em Niterói, RJ, Brasil.

O artista possui dois ramos em sua produção. O primeiro deles é o estudo visual em texturas orgânicas feitas em desenho, às vezes diretamente na parede ou vidro, às vezes sobre papel, telas ou madeira. A segunda está relacionada à produção de assemblages feitas com lápis, trazendo um sentido de arte cinética ou referências topográficas.

FORMAÇÃO

2014 - Programa Aprofundamento, com Fernando Cocchiarale, Ana Bella Geiger e Marcelo Campos, Escola de Artes Visuais do Parque Lage - EAV, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2002/2008 - Bacharelado em Pintura, Escola de Belas Artes - EBA, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2007/2008 - Oficinas de Formação Artística, com Raul Mourão, Alexandre Vogler, Marcos Cardoso, Jorge Duarte e Romano, SESC Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2006/2007 - Assistente no atelier Barbosa/Ricalde, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Monitoria no Museu de Arte Contemporânea - MAC, Niterói, RJ, Brasil.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

2018 - The Drawing is Present, curadoria do artista, Galeria do Poste, Niterói, RJ, Brasil. 2017 - Distante es la Galaxia Vecina, curadoria de Gabriela Dottori, Parque das Ruínas, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - 100 horas, curadoria de Daniela Name, Portas Vilaseca Galeria, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - As Sombras da Casa do Chico, curadoria do artista, Galeria Km7, Nova Friburgo, RJ, Brasil. - No Traço e no Rastro, curadoria do artista, Centro Cultural Banco do Nordeste, Sousa, PB, Brasil. 2016 - Oficina de Inventices, curadoria de Osvaldo Carvalho, Galeria Solar, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Rede - Programa Gabinete, curadoria do artista, Escuela FLORA ars + natura, Bogotá, Colômbia. - Forte e Frágil: VI Mostra Cultural Arte em Trânsito, curadoria de Renata Oliveira Caetano, Juiz de Fora, MG, Brasil. 2013 - Geografia do Traço, curadoria de Marcus Lontra, Portas Vilaseca Galeria, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2012 - Traços Efêmeros, Instituto Cultural Germânico, Niterói, RJ, Brasil. - Espiral, Centro Cultural Banco do Nordeste, Juazeiro do Norte, CE, Brasil. 2011 - Projeto Escamas: Tempestade, Centro Cultural Banco do Nordeste, Sousa, PB, Brasil. - Epidermes, curadoria de Marisa Flórido César, Cosmocopa Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

EXPOSIÇÕES COLETIVAS

2018 - Em cada linha um traço. Em cada fio uma trama, curadoria de Paula Terra-Neale, Martha Pagy Escritório de Arte, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Gabinete Contemporâneo de Curiosidades, curadoria de Marco Antônio Portela, Centro Cultural Banco do Nordeste, Sousa, PB, Brasil. 2017 - Acervo, curadoria de Marcelo Brantes, Galeria Km7, Nova Friburgo, RJ, Brasil. - Arte Al Limite Sin Limite, curadoria de Marisa Caichiolo, Fundación Telefónica de Chile, Santiago, Chile. - Gabinete Contemporâneo de Curiosidades, curadoria de Renata Oliveira Caetano, Galeria Hiato, Juiz de Fora, MG, Brasil. 2016 - Gabinete Contemporâneo de Curiosidades, curadoria de Marco Antonio Portela, Galeria Oriente, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Odeón - Feria de Arte Contemporáneo, curadoria de Jaime Portas Vilaseca, Espacio Odeón, Bogotá, Colômbia. - Ocupa Carambola, curadoria de Marcio Zardo, Espaço Carambola, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - O Módulo e a Era Digital, curadoria de Carlos Eduardo Borges, Galeria KM7, Nova Friburgo, RJ, Brasil. - ENTRE #3, curadoria de Jaime Portas Vilaseca, Portas Vilaseca Galeria, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2015 - Panor’Almas, La Vitrine A.M., Paris, França. - Lúdicos, Solar Meninos de Luz, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Um canto, dois sertões: Bispo do Rosário e os 90 anos da Colônia Juliano Moreira, curadoria de Marcelo Campos, Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Cubo de Ensaio, Centro Municipal de Artes Calouste Gulbenkian, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Pra começar, curadoria de Jaime Portas Vilaseca, Portas Vilaseca Galeria, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Contextos Contemporâneos, curadoria de Ricardo Resende, Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Quinta Mostra EAV - Parque Lage: Programa Aprofundamento em Criação Artística, curadoria de Anna Bella Geiger, Fernando Cocchiarale e Marcelo Campos, Escola de Artes Visuais do Parque Lage - EAV, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Quem viver, Verão!, Sérgio Gonçalves Galeria, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2014 - Feira Parte, curadoria de Jaime Portas Vilaseca, Portas Vilaseca Galeria, Paço das Artes, São Paulo, SP, Brasil. - Novas Aquisições 2012/2014 Coleção Gilberto Chateaubriand, curadoria de Luiz Camillo Osorio e Marta Mestre, Museu de Arte Moderna - MAM, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Entre #2, curadoria de Jaime Portas Vilaseca, Portas Vilaseca Galeria, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - 3 na Cozinha, Galeria Paçoca, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Daqui pre frente, curadoria de Bernardo Mosqueira e Jaime Portas Vilaseca, Portas Vilaseca Galeria, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Quem viver, Verão!, Sérgio Gonçalves Galeria, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2013 - Vasto Mundo, SESC, Crato, CE, Brasil. - Feira Artigo, curadoria de Alexandre Murucci, Centro de Convenções Sul América, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Fragmentos do Cotidiano, Galeria Paçoca, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Limites, Solar Meninos de Luz, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Verão 2, Espaço Eu Vira, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Siga o Coelho Branco, Instituto Cultural Germânico, Niterói, RJ, Brasil. - O Mal dos Trópicos, Espaço Cultural do Banco Central, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Vasto Mundo, Centro Cultural Banco do Nordeste, Sousa, PB, Brasil. 2012 - Feira Artigo, curadoria de Alexandre Murucci, Centro de Convenções Sul América, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Feira Parte, curadoria de Jaime Portas Vilaseca, Portas Vilaseca Galeria, Paço das Artes, São Paulo, SP, Brasil. - Cosmos Contemporâneos, Galeria Hiato, Juiz de Fora, MG, Brasil. - Rio + Vinci Pictórico, Atelier Fixos Fluxos, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Reverberação, Cosmocopa Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2011 - Cor+Labor+Ação, Caza Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Novíssimos, Galeria do Instituto Brasil-Estados Unidos - IBEU, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - A Água e seu Papel, Caza Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Geração Eletrônica, Oi Futuro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Rio Nova Arte: As Jovens Galerias de Arte Cariocas - Banco Nacional de Desenvolvimento - BNDES, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Acervo Transparente, Cosmocopa Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Bienal Anual de Búzios - BAB, Armação de Búzios, RJ, Brasil. 2010 - Até 2011, Cosmocopa Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Coletiva, Cosmocopa Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Salve São Jorge, Espaço Imaginário, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2009 - 300 da Glória, 300 da Glória Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Em Obra, Espaço Imaginário, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Salve São Jorge, Espaço Imaginário, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2008 - Capitu - Intervenções de 100 Artistas pela Cidade do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - EBA NOW, Escola de Belas Artes - EBA, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2005 - XIII Universidarte, Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

COLEÇÕES INSTITUCIONAIS

- Arte Al Limite, Santiago, Chile. - Coleção Gilberto Chateaubriand / Museu de Arte Moderna - MAM, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Coleção Banco do Nordeste, Juazeiro do Norte, CE, Brasil. ?


PORTAS VILASECA GALERIA

Rio de Janeiro / RJ

Portas Vilaseca Galeria foi fundada por Jaime Portas Vilaseca, em 2010 e funcionou até fevereiro de 2018 no bairro do Leblon, Rio de Janeiro, ano em que seu espaço foi ampliado para um edifício de três andares, no bairro de Botafogo, na mesma cidade. Hoje representamos 17 artistas brasileiros da história recente das artes visuais no Brasil. Nossa galeria caracteriza-se por duas frentes de trabalho: (a) a aposta em artistas ascendentes; e (b) a experimentação. Nascidos em diferentes gerações e oriundos de diversos pontos geográficos no Brasil, os artistas representados desenvolvem pesquisas em todas as linguagens das artes visuais – da pintura à performance, da escultura ao vídeo e sempre abertos à sobreposição de mídias. Mais do que meros produtores de objetos, cada um deles pesquisa o campo das artes visuais com preocupações relativas ao estatuto da imagem na contemporaneidade. Devido a isto, quando observamos as exposições realizadas, tanto na galeria, quanto em feiras de arte, fica claro que o ato expositivo é encarado como um ato experimental em que nenhuma proposição será igual à outra; os visitantes sempre terão uma experiência física e visual únicas. Nossa galeria, portanto, tem como valores a divulgação e a institucionalização no Brasil e no exterior de seu elenco de artistas; sendo necessário que as obras sejam, antes de tudo, um exercício de liberdade individual – seja para o público que as frui, seja para os artistas que as criam, ou, enfim seja para a galeria que as abrigam e incentivam. Portas Vilaseca Galeria é membro da Associação Brasileira de Arte Contemporânea – ABACT.


Outras obras da galeria