Sobre a obra

Sem Título


Ficha técnica

Colagem de folha de madeira sobre pintura em tinta acrílica sobre papel Canso 100% algodão; 2017.


Sobre o artista

Carolina Martinez

Nasceu no Rio de Janeiro, RJ, Brasil, em 1985.

Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

No percurso de seu processo criativo, Carolina Martinez investiga espaços arquitetônicos e superfícies urbanas. Em sua produção artística, ela concentra-se no olhar do espectador em direção a espaços vazios, aparentemente desabitados. Assim, ela revela perspectivas invisíveis, como a passagem do tempo e a luz, por intermédio de pinturas, colagens, assemblages e instalações site-specific.

FORMAÇÃO

2018 - Pós graduação em História da Arte e da Arquitetura no Brasil, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2016 - Seminário Tempo e Espaço na Instalação, Escola de Arte Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2013 - Projeto Pesquisa, com Glória Ferreira e Luiz Ernesto, Escola de Artes Visuais do Parque Lage - EAV, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Curso de Verão, com Paulo Sérgio Duarte, Escola de Artes Visuais do Parque Lage - EAV, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2012 - Grupo de Estudos, com Ivair Reinaldim, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2010 - Desenho, com Maria do Carmo Secco, Escola de Artes Visuais do Parque Lage - EAV, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Módulo Avançado de Pintura, com Daniel Senise e Ivair Reinaldim, Escola de Artes Visuais do Parque Lage - EAV, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2009 - Bacharelado em Arquitetura e Urbanismo, Pontifícia Universidade Católica - PUC, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Gravura, com Thereza Miranda, Escola de Artes Visuais do Parquel Lage - EAV, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2007 - Aulas avulsas nas disciplinas Arquitetura, Paisagismo e Desenho, Universidad de Valladolid, Valladolid, Espanha.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

2017 - Odeón, Portas Vilaseca Galeria, curadoria de Jaime Portas Vilaseca, Espacio Odeón, Bogota, Colômbia. - SP-Arte, Portas Vilaseca Galeria, Programa Solo, curadoria de Luiza Teixeira de Freitas, Pavilhão Ciccillo Matarazzo, São Paulo, SP, Brasil. 2016 - Aquilo que não conseguia ver, curadoria de Ivair Reinaldim, Portas Vilaseca Galeria, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2015 - Fulfillment: Individual pop-up, curadoria de Gisela Gueiros, Residency Unlimited, Nova Iorque, EUA. - Work in Progress: No Lugar do Ar, curadoria da artista, Galeria Emma Thomas, São Paulo, SP, Brasil. 2013 - Às Avessas, curadoria de Felipe Scovino, Galeria Laura Marsiaj, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

EXPOSIÇÕES COLETIVAS

2018 - Aproximações, curadoria de Zalinda Cartaxo, Galeria Celma Albuquque, Belo Horizonte, MG, Brasil. 2017 - ENTRE, curadoria de Fernanda Lopes, Marquês 456, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - Aproximações, curadoria de Zalinda Cartaxo, Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2016 - SOMA, organização de Barrão, Fábrica Bhering, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. - O Muro: rever o rumo, curadoria de Fernanda Basile Resstom and Daniel de Lavor, Central Galeria, São Paulo, SP, Brasil. 2015 - Seeing through Abstraction, curadoria de Shlomit Drod, Resindency Unlimited, Nova Iorque, EUA, Brasil. - Atributos do Silêncio, curadoria de Felipe Scovino, Galeria Bergamin & Gomide, São Paulo, SP, Brasil. 2014 - A Questão do Espaço na Arte, curadora de Glória Ferreira e Luiz Ernesto, Escola de Artes Visuais do Parque Lage - EAV, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2013 - Novíssimos, júri de seleção: Ivair Reinaldim, Fernanda Lopes, Humberto Farias e Bernardo Mosqueira, Galeria do Instituto Brasil-Estados Unidos - IBEU, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2012 - Programa de Exposições, convite de Nilton Campos, Museu de Arte de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, SP, Brasil. - Somatório Singular, curadoria de Cristina Burlamaqui, Galeria Murilo Castro, Belo Horizonte, MG, Brasil. 2011 - Na Bhering, curadoria da artista, Fábrica Bhering, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2010 - 35º Salão de Arte Contemporânea de Ribeirão Preto - SARP, júri de seleção: Carla Chaim, Fernanda Pitta e Josué Mattos, Museu de Arte de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, SP, Brasil.

PRÊMIOS E SALÕES

2010 - 35º Salão de Arte Contemporânea de Ribeirão Preto - SARP, júri de seleção: Carla Chaim, Fernanda Pitta e Josué Mattos, Museu de Arte de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, SP, Brasil. - Prêmio Garimpo, Revista Das Artes, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

RESIDÊNCIA ARTÍSTICA

2015 - Residency Unlimited, Nova Iorque, EUA.

PUBLICAÇÕES

2015 - Atributos do Silêncio [catálogo], Galeria Bergamin & Gomide, São Paulo, SP, Brasil. 2013 - Novíssimos [catálogo], Galeria do Instituto Brasil-Estados Unidos, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 2012 - Somatório Singular [folheto], Galeria Murilo Castro, Belo Horizonte, MG, Brasil. ?


PORTAS VILASECA GALERIA

Rio de Janeiro / RJ

Portas Vilaseca Galeria foi fundada por Jaime Portas Vilaseca, em 2010 e funcionou até fevereiro de 2018 no bairro do Leblon, Rio de Janeiro, ano em que seu espaço foi ampliado para um edifício de três andares, no bairro de Botafogo, na mesma cidade. Hoje representamos 17 artistas brasileiros da história recente das artes visuais no Brasil. Nossa galeria caracteriza-se por duas frentes de trabalho: (a) a aposta em artistas ascendentes; e (b) a experimentação. Nascidos em diferentes gerações e oriundos de diversos pontos geográficos no Brasil, os artistas representados desenvolvem pesquisas em todas as linguagens das artes visuais – da pintura à performance, da escultura ao vídeo e sempre abertos à sobreposição de mídias. Mais do que meros produtores de objetos, cada um deles pesquisa o campo das artes visuais com preocupações relativas ao estatuto da imagem na contemporaneidade. Devido a isto, quando observamos as exposições realizadas, tanto na galeria, quanto em feiras de arte, fica claro que o ato expositivo é encarado como um ato experimental em que nenhuma proposição será igual à outra; os visitantes sempre terão uma experiência física e visual únicas. Nossa galeria, portanto, tem como valores a divulgação e a institucionalização no Brasil e no exterior de seu elenco de artistas; sendo necessário que as obras sejam, antes de tudo, um exercício de liberdade individual – seja para o público que as frui, seja para os artistas que as criam, ou, enfim seja para a galeria que as abrigam e incentivam. Portas Vilaseca Galeria é membro da Associação Brasileira de Arte Contemporânea – ABACT.


Outras obras do artista


Podemos ajudar?