Sobre a obra

Ofélia Azul e o Infinito, 2015

A obra de Janaína Tschäpe (Munique, 1973) retrata recorrentemente um universo onírico, que ela cria através de diferentes técnicas. Suas composições – sejam pinturas e colagens semi-abstratas ou fotografias e vídeos – são reminescentes de cenas fantásticas, que evocam formas orgânicas e feminilidade. Para a Cobogó ela criou uma fotografia em que vemos uma mulher flutuando na água – tal qual Ofélia – vestida de azul ao entardecer. As roupas usadas pela personagem são formas geométricas circulares confeccionadas pela artista, que se tornam distorcidas quando submersas na água, emulando a coreografia das ondas.


Ficha técnica

Múltiplo Janaína Tschäpe
Ofélia Azul e o Infinito, 2015
Fotografia
Edição de 16 + 5 PAs


Sobre o artista

Janaina Tschäpe

Munique, Alemanha, 1973


EDITORA COBOGÓ

Rio de Janeiro / RJ

Em 10 anos de publicações, a Editora Cobogó construiu um catálogo de mais de 230 títulos, que tratam desde a filosofia do artista norte-americano Andy Warhol sobre uma sociedade de consumo, às entrevistas do curador suíço Hans Ulrich Obrist com pensadores e artistas de várias áreas, aos caminhos de construção das obras de diversos artistas, aos artigos do cineasta Cacá Diegues sobre a sociedade brasileira, as reflexões acerca da globalização e da arte do pesquisador Moacir dos Anjos, além da reedição do primeiro livro de John Cage publicado no Brasil, com tradução do poeta Augusto de Campos. Cada livro da Cobogó recebe o cuidado especial que vai desde o contato direto com o autor, o tratamento do texto, o cuidado com as imagens, passando pelo projeto gráfico, a textura do papel e o tipo de acabamento. Um caminho de desafios e conquistas, reconhecido, em 2016, na 58a edição do Prêmio Jabuti, com o primeiro lugar na categoria Livro de Arte, por Histórias mestiças, organizado por Lilia Moritz Schwarcz e Adriano Pedrosa. O catálogo da Editora Cobogó se destaca por livros de arte sobre artistas consagrados e também sobre novos nomes do mundo das artes. Foram publicadas monografias de Adriana Vareja?o, Nuno Ramos, Laura Lima, Erika Verzutti, Sonia Gomes, Marina Rheingantz, Mauro Restiffe, Paulo Nazareth e Iran do Espírito Santo. Em 2018, foram lançados livros de Katia Maciel, Maria Laet, Carla Chaim, Paulo Nimer PJota e Iole de Freitas, além do livro de colagens de Beatriz Milhazes.


Outras obras do artista