Sobre a obra

Black Square MAM, circa 2014-2017


Ficha técnica

Fragmentos de um quadrado preto pintado em uma parede de pedra, costurados sobre tela
cod. LS19BS_M_1


Sobre o artista

Lucio Salvatore

Lucio Salvatore (1975) é um artista multidisciplinar nascido na Itália que trabalha com fotografia, texto, pintura, escultura, performance e apropriação de processos. Salvatore vive e trabalha entre o Rio de Janeiro e Sant’Elia Fiumerapido, Itália. Educado em estudos clássicos, Salvatore se formou em economia na Universidade Bocconi de Milão, estudou filosofia também em Milão, fotografia em Nova York e arte na escola de artes visuais EAV Parque Lage no Rio de Janeiro. As principais exposições-solo de Salvatore até hoje foram: Metaelementi, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM, com curadoria de Fernando Cocchiarale e Fernanda Lopes, Rio de Janeiro (2018); Controvalori, Galeria Martha Pagy, Rio de Janeiro (2018); Parque Lage, Palazzo Pamphilj, Galleria Cortona e Galleria Portinari, Roma (2017); Arte Capital, Centro Cultural Correios, Rio de Janeiro (2016); Fragmento, Centro Cultural Correios, Rio de Janeiro (2015); Redução Espacial, Centro Cultural Correios, Rio de Janeiro (2014); Some Other Race, Museu Brasileiro de escultura MuBE, São Paulo (2011); Untitled, Superstudio, Mila?o (2008); Untitled, Jardim Botânico, Rio de Janeiro (2008); Untitled, Grant Gallery, New York (2007); Untitled, SBH, St Barthelemy (2006); Untitled, Potzdamer Platz, Berlin (2005). As obras de Salvatore estão incluídas nas coleções públicas do Museu de Arte Moderna MAM Rio de Janeiro e no Museu de Arte Contemporânea MAC Niterói


MARTHA PAGY ESCRITÓRIO DE ARTE

Rio de Janeiro / RJ

Martha Pagy Escritório de Arte representa e agencia artistas contemporâneos de gerações e linguagens diversas, acompanhando o desenvolvimento de suas carreiras e estimulando a troca de ideias, práticas e saberes. Inaugurado em 2013, o escritório realiza exposições e promove encontros com artistas e curadores para grupos selecionados, criando um cenário propício à fruição e à reflexão sobre a arte; e incentivando o colecionismo. As visitas são por agendamento. Há mais de 20 anos Martha Pagy se dedica à promoção da arte, no campo institucional e privado. Foi uma das responsáveis pela formulação do perfil de atuação do Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro, na função de diretora de programação e patrimônio, de sua inauguração, em 1989, até 2003. Desde então, vem atuando nas áreas de agenciamento e representação de artistas, curadoria e produção de exposições, consultoria e orientação para a formação de coleções. De 2007 a 2012 dirigiu a galeria Largo das Artes, no centro histórico do Rio, onde realizou exposições de arte contemporânea com nomes do Brasil e do exterior, e promoveu o lançamento de jovens talentos na cena artística brasileira. Fotos: Luciano Bogado


Outras obras do artista